Ef 4:27 Não deis lugar ao diabo.

Hoje em dia, o q mais se vê, são crentes que julgam o ímpio, julgam o próprio crente, abrem a boca pra falar da palavra de Deus, até tem vários versículos decorados para abordar alguém ou para uma oportunidade... mas na prática, esquecem que cada um dará conta de si naquele grande dia...
Paulo diz à Timóteo: “Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina, persevera nestas coisas, pq fazendo isto, te salvarás tanto a ti quanto aos que te ouvem” (ITm 4:16)
O crente, templo e morada do Espírito Santo pode dar lugar ao diabo?
MT: 16:14, Jesus pergunta aos discípulos quem o povo dizia quem ele era ...
uns diziam que ele era João Batista, outros Elias, outros Jeremias ou outro profeta, e vcs? quem dizem que sou? Simão Pedro respondeu: O Senhor é o Messias, filho do Deus vivo. Jesus: bem aventurado és tu, Pedro, pq não foi carne nem sangue que lhe revelou, mas meu Pai, que está nos céus.
Passado um pouquinho...Jesus disse que era necessário que fosse a Jerusalém para que se cumprisse seu sofrimento e sua morte e a ressurreição ao 3º dia. no versículo 22. Pedro chama Jesus no cantinho e o repreende: tem compaixão de ti, nada disso te acontecerá.... Jesus fala o quê? Pra trás de mim Satanás, que me serve de escândalo, pq não compreendes as coisas que são de Deus, mas só as que são dos homens.

EU DOU LUGAR AO DIABO QUANDO...
1 – Alimento pensamentos que não são do alto...
Mc 7:21/23

A natureza do homem é pecaminosa e se não houver um esforço de sua parte para que haja a atuação do Espírito Santo para mudar isso, a saída do indivíduo para não se sentir um peixe fora d’água no meio dos que conseguem se libertar é criar um holograma de si mesmo. Começa a se dividir em 2 e 1 é o seu interior, o seu eu, a sua essência, o qual ele tenta esconder dele mesmo, só não esconde de Deus. é mais fácil camuflar a sua personalidade do que expor suas fraquezas e ficar vulnerável ao julgamento do homes. Em João 12, nós temos a passagem que Maria unge os pés de Jesus com um perfume muito caro. Ela derramou nos pés de Jesus e o enxugou com seus cabelos e toda a casa ficou perfumada. Judas, vendo aquilo, logo disse: esse perfume vale mais do que 300 moedas de prata! pq não se vendeu e deu aos pobres?
Judas não disse isso pq estava com pena dos pobres... alimentava pensamentos maus e falando isso, tentava camuflar a sua avareza.

2 – Quando eu julgo os outros... Tg 4:12

Elifaz é um típico julgador da vida do irmão. Elifaz usou de argumento a sua experiência pessoal de que Deus castiga o perverso e recompensa o justo. assim sendo, concluiu que o pecado devia ser a raiz do sofrimento de Jô. Sugeriu que Jô se arrependesse e aprendesse com Deus. Elifaz cometeu um grande erro ao tentar deduzir qual era a causa do sofrimento do amigo. embora ele tenha alegado ter sido inspirado por Deus, o que é de se duvidar, pq no cap 42, vs. 07, Deus repreende a Elifaz e seus amigos por terem falado em nome Dele. é fácil qdo se está sendo provado aparecerem conselheiros até bem intencionados com o intuito de ajudar. Mas ao expor suas próprias opiniões, o homem está limitando Deus à sua própria perspectiva de vida e ao seu entendimento finito. Pois o homem é limitado.

3 – Não dizimo na casa do Senhor Ml 3:10-11

O povo já não estava cumprindo as leis, não estavam nem aí em apresentar os seus dízimos na casa do tesouro (a casa do tesouro era uma parte do templo onde eram armazenados grãos e outros alimentos entregues como dízimos. Os sacerdotes viviam dessas ofertas. O povo estava olhando para o seu próprio umbigo e não estava nem aí! Eu? vou ficar sustentando os outros? Esses outros eram os ministros e suas famílias que viviam da obra do Senhor. Mas na verdade, acabam roubando a si mesmos Tb, pq, quando, ao fecharem a mãozinha, rejetiam as bênçãos que Deus iria derramar por conseqüência da fidelidade ao dízimo. Ponham-me à prova! O DEUS todo poderoso, diante da dúvida e do questionamento do povo, os manda pôr à prova a sua palavra, sua justiça, sua santidade e garante cair bênçãos do céu.
No Vs vv 11, Ele, por amor aos que crerem e fazendo a sua vontade, ele repreenderia o devorador p/ que não vos consumisse o fruto da terra. Ou seja, ele não permitiria que os gafanhotos destruíssem as suas plantações, o seu sustento.

4- Quando dou lugar à cobiça 2 Reis 5: 25, 26 e 27
O chamado “olho grande”

Deus tinha acabado de usar Eliseu, homem de Deus para operar o milagre da cura na vida de Naamã. Este, por sinal, reconheceu o Deus de Israel como único digno de adoração em toda a terra. Até aí, td bem. Mas, um certo homem chamado Geazi, resolve dar lugar ao diabo e permite-lhe entrar a cobiça.
1º Cobiçou algo que não era seu. os presentes de Naamã foram trazidos para Elizeu.

2º Com essa atitude, estava fazendo uma troca entre o dinheiro e as bênçãos da cura.

3º Mentiu e colocou as bênçãos materiais e o benefício próprio acima da integridade para servir a Deus.
A conseqüência foi não menos que a maldição de uma enfermidade crônica, onde até seus descentes pagariam por aquilo. Ele mesmo quem procurou o que recebeu.

5 – Quando a inveja me impulsiona a tomar decisões. Gn 4:8


A inveja começa quando a satisfação com aquilo que se tem é perturbado pelas vantagens desfrutadas por outros e pela conseqüente determinação de se adquirir as mesmas vantagens.
A bíblia diz que a inveja coexiste com tudo que é do maligno. Ela é um sentimento desastroso pq abala a confiança de que Deus é nosso provedor. é o que sempre supre as nossas necessidades.
Até cristãos são capazes de invejar o bem que alguém tem recebido de Deus. Seja uma liderança, dons espirituais, bens materiais, um relacionamento... com essa atitude, a pessoa deixa de atingir o seu potencial em Jesus Cristo, pois torna seu foco para o outro e não desenvolve o seu particular com Deus. Aquilo que Deus quer para aquela pessoa. A bíblia não explica pq Deus não aceitou o sacrifico de Caim. Quem sabe seu sacrifício não estivesse seguindo os padrões de Deus. Mas Deus lhe deu a chance de corrigir seu erro. Mas Caim se recusou a admitir e achou mais fácil acabar com a vida do irmão do que mudar seu coração e ofertar o seu melhor para Deus.
Deus avisou que o pecado jazia à porta, mas a atitude de Caim foi cometê-lo. A sua escolha gerou um homicídio e maldição sobre sua vida. Devemos permitir que Deus nos ajude nos pequenos pecados, antes que estes, virem uma tragédia em nossas vidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sejam bem-vindos! Obrigada pela visita!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...